AM: Ministério da Cidadania entrega 310 mil cestas básicas para comunidades tradicionais

0
190
Foto . Divulgação

O Ministério da Cidadania entregou, na manhã desta sexta-feira (23/04), mais de 310 mil cestas básicas destinadas a cerca de 121 mil famílias em situação de vulnerabilidade social no Amazonas. A ação faz parte da Iniciativa Brasil Fraterno, auxiliando os municípios mais afetados pelos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Serão beneficiadas comunidades tradicionais de indígenas, quilombolas, pescadores e extrativistas do estado.

A entrega das cestas básicas ocorreu durante a cerimônia de inauguração da segunda fase do Centro de Convenções Vasco Vasques (CCAVV), bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, que trouxe à capital o Presidente da República, Jair Bolsonaro. O governador do estado, Wilson Lima, juntamente com o diretor-presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), Sérgio Litaiff Filho, também participaram da abertura do complexo.

O ministro da Cidadania, João Roma, destacou que somente para Manaus o Governo Federal repassará mais de 90 mil cestas básicas por meio do programa. Cada cesta básica reúne produtos como arroz, feijão, óleo vegetal, macarrão, flocos de milho, farinha, leite em pó e açúcar.

“Todo esse material, esses alimentos essenciais se somam a uma série de iniciativas do Governo Federal, que não foi omisso durante todo esse período, e que está sim no front daquele cidadão mais necessitado. Nós não vamos deixar ninguém para trás, e a missão do Governo Federal é estar junto daquele brasileiro que mais precisa”, disse o ministro da Cidadania.

Auxílio – Os alimentos que serão distribuídos no Amazonas foram comprados a partir de Termo de Execução Descentralizada (TED), firmado entre o Ministério da Cidadania e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). A distribuição atenderá 53.480 mil famílias de indígenas, além de 61.656 famílias de pescadores, 4.653 de extrativistas e 829 de quilombolas.

As cestas são adquiridas a partir da Ação de Distribuição de Alimentos (ADA), coordenada pela Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural (SEISP), do Ministério da Cidadania. Os alimentos são comprados e distribuídos com apoio da Conab pelas fundações responsáveis pela identificação e seleção dos beneficiários, como a Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Fundação Palmares.

Além da parceria com a Conab, serão distribuídas no Amazonas cestas de alimentos doadas pelo SESC-AM, pela Organização das Cooperativas do Brasil (OCB-AM) e pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam).

Brasil Fraterno – O Brasil Fraterno é uma rede nacional de solidariedade, criada para promover a segurança alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa se sustenta em três pilares: Pátria Voluntária, que mobiliza a população; tem articulação do Ministério da Cidadania, responsável pela integração das políticas sociais; e conta com a parceria do Sistema S, que faz a captação de recursos junto à iniciativa privada.

FOTOS: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here