Demandas de infraestrutura lideram requerimentos na Câmara Municipal

0
52

Os pedidos por serviços de tapa-buracos, asfaltamento e recapeamento asfáltico lideram a lista, até o momento, dos requerimentos apresentados junto ao Executivo Municipal pelo vereador Joelson Silva (Patriota). Ao todo foram feitas 93 solicitações, desde o início do ano legislativo, sendo que 37 estão relacionadas a trabalhos feitos pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), em locais como travessas e ruas da capital amazonense.

A maior parte das demandas feitas ao gabinete do vereador é oriunda do bairro Coroado, Zona Leste.

No Coroado 3, por exemplo, uma das principais urgências estava na rua Buriti. O local já apresentava sinais de desgaste, por estar sem condições de trafegabilidade e gerar prejuízos para motoristas e pedestres.

Afastado das atividades parlamentares na Câmara Municipal de Manaus (CMM), nos últimos dias, para se recuperar de uma cirurgia, Joelson Silva atribui os números contabilizados como positivos, principalmente em relação ao momento difícil que a cidade atravessa, por conta da pandemia do novo coronavírus.

“Todos sabem que Manaus e o país como um todo atravessam uma situação complicada, tanto em termos de saúde quanto no setor econômico. Mesmo assim, nossa cidade tem dado um exemplo de superação, pois os serviços continuaram, mesmo diante da pandemia. Isso é fruto da harmonia que há entre os poderes e da responsabilidade em darmos respostas rápidas aos manauaras, que pagam e cobram para que os serviços sejam realizados”, destacou o parlamentar.

Enquanto presidente da Câmara de Manaus, Joelson Silva voltou a enfatizar o esforço feito pela Casa para combater a doença, em sintonia com as medidas tomadas por prefeitura e governo do estado, mas ressaltou que a atenção deve estar redobrada também para a questão econômica do pós-pandemia.

Joelson lembrou que, no primeiro semestre deste ano, a CMM remanejou aproximadamente R$ 9 milhões de emendas impositivas para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para que fossem usados no combate ao coronavírus.

Merenda

Após intermediação feita pelo próprio Joelson Silva junto ao Executivo, a CMM também aprovou para o programa “Nossa Merenda”, o aumento de R$ 25 para R$ 50. A concessão de ajuda financeira é destinada às famílias dos estudantes da rede municipal de ensino, inscritas no programa Bolsa Família, em situação de vulnerabilidade social, para que eles possam continuar tendo acesso a merendar escolar, enquanto as aulas presenciais permanecerem suspensas.

Parcelamento

Outra medida significativa adota no período, refere-se à aprovação do Projeto de Lei 60 de 2020, autorizando a Prefeitura de Manaus a prorrogar o prazo de vencimento de tributos municipais parcelados e a realizar parcelamento online, para minimizar o impacto do coronavírus na economia. A iniciativa permite aos contribuintes manauaras, prazo extra para pagar e renegociar as dívidas com o fisco municipal.

Auxílio

Intermediada por Joelson Silva e autorizada pelo poder municipal, o pagamento do auxílio emergencial de R$ 300 em prevenção à Covid-19, beneficiou os trabalhadores informais que atuam no complexo turístico da Ponta Negra, assim como 274 catadores de resíduos sólidos apoiados pela prefeitura, aproximadamente mil permissionários das galerias populares Espírito Santo, dos Remédios e do shopping Phelippe Daou.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here