Governo do Estado reúne com BID e discute sobre desenvolvimento de projetos de biotecnologia para o AM

0
80
FOTOS: Divulgação/Secom/Bruno Zanardo

Projetos voltados para áreas como biotecnologia, energia renovável, agronegócio, desenvolvimento de comércio exterior, além da formação e qualificação de pessoal para essas atividades no Amazonas, foram a pauta da reunião entre representantes do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

A reunião aconteceu em formato virtual, na tarde desta segunda-feira (12/04), e contou com a participação do titular da Sedecti, Jório Veiga, e do secretário executivo de Desenvolvimento Econômico da pasta, Renato Freitas, e dos representantes do BID, Guilherme Piereck e Sebastian Gonzalez.

FOTOS: Divulgação/Secom/Bruno Zanardo

Os projetos elencados pelo BID englobam mais outros três estados amazônicos. Para o Amazonas foram discutidas possibilidades de negócios para a bioeconomia a partir de produtos das cadeias da castanha-do-Brasil para o mercado internacional, além do guaraná, do pirarucu de manejo, entre outras possibilidades que apresentam potencial para serem trabalhadas em conjunto no projeto.

Para o secretário Jório Veiga, discutir novos negócios, a partir de importantes itens das cadeias produtivas do Amazonas, junto ao BID, pode ser considerado uma grande oportunidade para a diversificação da matriz econômica do Amazonas.

“A reunião se revestiu de alta importância, já que se alinha com iniciativas em curso para acelerar o desenvolvimento sustentável, especialmente, no interior do estado, e trazer a cultura de comércio exterior para pequenas e médias empresas”, destacou Veiga.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico, Renato Freitas, ressaltou a importância da colaboração da Sedecti junto à organização financeira internacional.

“Temos como objetivo apoiar a integração das cadeias regionais, atrair investimentos e promover as exportações de forma que as empresas locais possam fazer a transição para a internalização e passar a exportar e participar das cadeias globais”, pontuou Freitas.

A reunião entre os representantes da Sedecti e o BID foi a primeira no contexto de tratativas de projetos sobre biotecnologia. A ideia é de que outros encontros possam ocorrer para o aprofundamento dos temas e, também, para identificar e executar ações de curto, médio e longo prazo para o Amazonas.

Sobre O BID – O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) é uma organização financeira internacional com sede na cidade de Washington, EUA, criada no ano de 1959 com o propósito de financiar projetos de desenvolvimento econômico, social e institucional e promover a integração comercial regional na área da América Latina e do Caribe.

As áreas atuais de intervenção do Banco incluem três desafios de desenvolvimento – inclusão social e equidade, produtividade e inovação e integração econômica – e três temas transversais – igualdade de gênero, mudança climática e sustentabilidade do meio ambiente, e capacidade institucional do estado e estado de direito.

O BID tem como prioridades a redução da desigualdade e a melhoria dos serviços públicos, incluindo a eficiência nos gastos das administrações. Em sua estratégia, dá destaque à cobertura e qualidade da educação, sua integração com o mercado de trabalho e o aperfeiçoamento da contratação e formação do corpo docente, dentro do cumprimento das metas definidas pelo Plano Nacional de Educação (PNE) até 2024.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here