HPS Delphina Aziz atendeu 4,3 mil pacientes não Covid-19 e realizou 22,4 mil exames, em 14 dias

0
26
Em apenas 14 dias, Delphina Aziz atende mais de 4 mil pacientes nao Covid/Fotos>Rodrigo Santos e Paulo Bahia/ SES-AM

O Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na zona Norte de Manaus, atendeu em 14 dias 4.307 pessoas e realizou 22.454 exames após a abertura gradual da unidade para consultas e exames de pacientes não Covid-19. No dia 15 de outubro, o Delphina Aziz, que desde o início da pandemia ficou exclusivo para internações de pessoas com o novo coronavírus, passou a atender também pacientes de outras causas encaminhados pela rede pública de saúde.

Os pacientes que são encaminhados para o Delphina Aziz são pacientes regulados pela Central Unificada de Regulação e Agendamento de Consultas e Exames (Cura).

Os atendimentos fazem parte do plano de utilização do hospital, de forma gradual, para a realização de exames, consultas e cirurgias, reduzindo dessa forma o número desses procedimentos represado durante o pico da pandemia, quando atendimentos ambulatoriais e eletivos foram suspensos por orientação do Ministério da Saúde.

Com a reabertura do Delphina Aziz para atendimentos não Covid-19, a meta inicial da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) é ofertar 12.524 consultas 88.266 exames.

Entre os dias 15 e 28, foram realizados 20.244 exames laboratoriais e 2.210 exames de imagem, atendendo a 4.239 pacientes. Já no ambulatório da unidade foram atendidos mais 68 pacientes. No ambulatório há atendimento nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, nutrição e enfermagem. No espaço é ofertada também reabilitação para pacientes com sequelas de Covid-19.

A secretária Executiva Adjunta de Políticas em Saúde da SES-AM, Nayara Oliveira Maksoud, ressalta a importância do paciente comparecer na data marcada para a consulta ou exame.

“A secretaria reabriu alguns serviços no hospital, que são serviços muito demandados pela população, com fila extensa no sistema de regulação. Então, pedimos que a população evite faltar, porque isso prejudica outros pacientes que gostariam de ser agendados”, informa Nayara.

A secretária destaca que todas as medidas de controle para a Covid19 estão sendo tomadas pela unidade para oferecer segurança aos pacientes externos atendidos nessa fase de abertura de outros serviços do hospital.

“No momento em que o cidadão for agendado para fazer o exame, ele pode ter a certeza que a unidade vem cumprindo todas as medidas de controle, que a SES-AM e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) vêm acompanhando”, informou Nayara.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here