Muito “grana” na casa de policial foragido; polícia à caça dele para cumprir mandado de prisão

0
83
Foto > Divulgação

Três pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (6), ao serem alvos da operação Arrocho da Lei, deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas, por meio do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Dentre os presos estão o coronel da Polícia Militar Glaubo Rubens Alencar, um ex-policial militar e um investigador da Polícia Civil. Além dos mandados de prisão temporária, ainda foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão. Segundo fontes do Portal Marcos Santos, os policiais envolvidos são conhecidos pelas alcunhas de Belo e Acrisio.

Um mandado de prisão ainda está em aberto, que seria em nome de um policial conhecido por “Bilu”, que está foragido. Na casa dele teria sido encontrada uma grande quantidade de dinheiro, cujo valor ainda não foi revelado.

De acordo com o Ministério Público, os suspeitos tinham acesso à informações sigilosas e as usavam ao seu favor para ganhar dinheiro. A investigação teve início após o roubo de pouco mais de meia tonelada de drogas que seriam pertencentes à facção criminosa Comando Vermelho.

Durante esse roubo, o ex-policial militar teria ficado com um celular que deveria ter sido apreendido. A polícia descobriu, rastreou até o endereço do suspeito e viu que ele mantinha contato com o coronel da PM, que trocava informações com o investigador.

Além disso, ainda há informações de homicídios ligados ao caso, no qual os corpos das vítimas eram abandonados com recados.

As investigações continuam em andamento e é possível que tenham mais envolvidos no esquema criminoso.(Portal Marcos Santos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here