Primeira testemunha da audiência de instrução do “Caso Flávio” é ouvida por videoconferência

0
45
Foto: Arquivo

Primeira pessoa a ser ouvida neste primeiro dia de audiência de instrução do “Caso Flávio”, que acontece no Fórum Ministro Henoch Reis, no Aleixo, Zona Centro-Sul nesta terça-feira (27/07), foi Elielton Magno de Menezes, que depôs durante 1 hora e 37 minutos, das 11h às 12h37, na qualidade de vítima sobrevivente e de testemunha.

A oitiva foi realizada por videoconferência tendo em vista que a Elielton não reside mais em Manaus e não compareceu ao fórum. O juiz da 1.ª Vara do Júri, Celso Souza de Paula verificou a possibilidade de participação dele na audiência por videoconferência e a oitiva foi iniciada de forma remota.

Os questionamentos da promotoria duraram até 11h50. Já os advogados de defesa começaram a fazer as perguntas às 11h51. A audiência foi interrompida, para intervalo, às 12h37 e deverá ser retomada dentro de 1 hora.

Conforme o rito das audiências de instrução, o juiz Celso Souza de Paula dará prosseguimento ao ato processual ouvindo as testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM); as testemunhas de defesa e, por último, fará o interrogatório dos réus.

Em razão do número de testemunhas e réus, a 1.ª Vara do Júri se programou para realizar os trabalhos no decorrer de três dias (hoje, amanhã e quinta, 27).

A Ação Penal n.º 0654422-21.2019.8.04.0001 tem como réus José Edvandro Martins de Souza Júnior; Mayc Vinícius Teixeira Parede; Alejandro Molina Valeiko; Paola Molina Valeiko e Elizeu da Paz de Souza. Destes, apenas Paola Molina Valeiko não compareceu à audiência na manhã desta terça-feira, tendo sido representada por seus advogados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here