Rodrigo Guedes renova pedido de instalação da CPI da Amazonas Energia na Câmara

0
68
VEREADOR RODRIGO GUEDES (PSC)/ Foto: Michell Mello

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o vereador Rodrigo Guedes (PSC) cobrou resposta para a instalação do pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia, nesta segunda-feira (26/4). Encaminhado à Procuradoria Geral da CMM no último dia 15 de março, o documento ainda segue sem parecer para seguir a tramitação na Casa.

A CPI foi protocolada na Casa no dia 22 de fevereiro, há mais de dois meses, e segue parada na Procuradoria há 42 dias. Segundo o vereador, não há justificativa plausível para a demora, pois o documento está de acordo com todos os elementos jurídicos necessários para a tramitação e consequente instalação da CPI.

“Não há dúvidas jurídicas de que nós tenhamos competência para promover esse inquérito, essa investigação. Se colocar nas redes sociais um questionamento sobre o assunto vocês vão receber uma chuva de pessoas que receberam notificação de corte. Então, não dá mais para continuar desse jeito porque vira uma suspeição. Que parecer é esse que precisa de tanto tempo para ser feito? Não consigo compreender”, afirmou Guedes.

Práticas ilegais e imorais

O vereador ressaltou que as práticas abusivas cometidas pela empresa são justamente o alvo da CPI da Amazonas Energia, que irá apurar todas essas ações, desde o corte indevido no fornecimento de energia no período de calamidade pública causado pela pandemia, ao descumprimento de decisões judiciais.

“O rol de ações imorais e até ilegais que a empresa faz contra a população do Amazonas é extenso e exaustivo, e nós precisamos de uma resposta”, disse o vereador. Ainda durante a sessão, os vereadores Jaildo Oliveira (PC do B) e Glória Carrate (PL) também falaram sobre o tema em apoio à instalação da CPI.

Assinaram o documento 19 vereadores: Amom Mandel (Podemos); Antônio Peixoto (PTC); Caio André (PSC); Sassá da Construção Civil (PT); Daniel Vasconcelos (PSC); Dione Carvalho (Patriota); Fransuá Matos (PV); Ivo Neto (Patriota); Jaildo Oliveira (PCdoB); João Carlos (Republicanos); Lissandro Breval (Avante); Eduardo Assis (Avante); Raiff Matos (DC); Sandro Maia (DEM); Thaysa Lippy (PP); William Alemão (Cidadania); Yomara Lins (PRTB); Carpê Andrade (Republicanos) e o autor do documento, vereador Rodrigo Guedes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here